Uma plataforma que conecta agricultores brasileiros a compradores em mais de 30 países. Assim é a Karavel, primeira trading digital focada em exportação. Apenas nos seus  primeiros nove meses de atuação, a agtech movimentou R$ 500 milhões. Dentre os produtos mais exportados na plataforma estão feijão, caroço de algodão, milho e milho pipoca.

Na plataforma da Karavel, os agricultores cadastram seus produtos FOB fazenda (a retirar na fazenda), a plataforma trata de incluir todos os custos, como frete rodoviário, custos portuários, documentação, frete marítimo e preparação da mercadoria. E então a plataforma transforma todos estes custos em uma oferta internacional e oferece a todos os compradores cadastrados no mundo. Os valores são convertidos em tempo real, o que facilita a negociação. Então, por exemplo, o agricultor no Brasil pode ofertar seu produto em reais. 

“Ele diz o preço que considera justo e o comprador verá o preço na moeda correspondente ao seu país já com todos os custos de exportação inclusos”, explica Alvaro Nunes, CEO da Karavel. “Nem o vendedor, nem o comprador devem se preocupar em como será o transporte ou com pagamento. Nosso sistema irá identificar o melhor modal e assim que vendedor e comprador fecharem negócio, o pagamento ao agricultor será feito sobre-rodas (à vista)”, detalha.

Como em qualquer negociação, o comprador pode fazer uma contra oferta e cabe ao agricultor decidir se aceita ou não o novo preço proposto. A partir do fechamento do negócio, o vendedor ou comprador não precisam se preocupar com mais nada. “Nós cuidamos de todo o processo. Nosso sistema de inteligência foi desenvolvido 100% pela nossa equipe e foi formatado para identificar as melhores oportunidades para nossos clientes e estamos muito satisfeitos com o crescimento orgânico do nosso serviço”, conclui.

Karavel conecta agricultores a compradores internacionais em mais de 30 países

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.