Um supermercado de médio porte possui, em média, mais de 7 mil ítens em suas prateleiras. Porém, 50% do faturamento é baseado na venda de apenas 276 produtos, ou 4% de todo seu mix. É o que aponta o estudo realizado pela SuperOpa, marketplace da indústria de alimentos que faz a conexão entre distribuidor e consumidor final. O público analisado é composto por pessoas das classes B e C residentes em grandes regiões metropolitanas.

“Além de um canal de vendas para os nossos parceiros, o objetivo da SuperOpa é oferecer informações estratégicas, baseadas em dados, que favoreçam os seus negócios. Acreditamos que ter essas 276 opções no portfólio de vendas pode dobrar a recorrência das compras dos consumidores, o que impacta diretamente no faturamento da empresa”, comenta Luis Borba, co-fundador e CEO da SuperOpa.

O levantamento mostra que as categorias mais representativas, dentro dos 4% do do mix total de produtos, são bebidas (14%), carnes (12%) e FLV – frutas, legumes e verduras (8%). Dos 13 itens* que compõem a cesta básica, 12 aparecem entre os 276 primeiros (exceto a farinha de trigo).

“Ofertar esses produtos na SuperOpa será essencial para alcançarmos nossas metas de 2021. Até o final do ano, queremos atingir a marca de R﹩3 milhões mensais transacionados e 18.5 mil pedidos pela plataforma”, revela Borba.

Para mais informações, acesse o site da SuperOpa .

*os produtos considerados são: acém, tomate, leite, banana, arroz, café, açúcar, óleo, feijão, manteiga, batata.

Metade do faturamento de um supermercado de médio porte é representado por apenas 4% de todo seu mix de produtos, aponta pesquisa da SuporOpa

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.