Fonte: O2OBOTS

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que há hoje, no país, mais de 1,1 milhão de motoristas de aplicativo. Estes profissionais têm esta atividade como única fonte de renda para garantir o sustento familiar. Expostos a diversos riscos no dia a dia de sua atividade, os motoristas estão buscando respaldo em um seguro de vida diferenciado e de fácil contratação que oferece, dentre outras possibilidades, cobertura para perda de renda por incapacidade temporária como medida de proteção.

A inovação é da insurtech O2OBOTS em parceria com a MAG Seguros (antiga Mongeral Aegon), responsáveis por lançar o primeiro seguro de vida com coberturas exclusivas para motoristas de aplicativo do país, vendido por meio do WhatsApp e Facebook Messenger. Já utilizado por grupos de motoristas de aplicativo testados pela startup, agora o seguro começa a ser distribuído para os primeiros 10 mil motoristas pertencentes a aplicativos regionais de mobilidade urbana, concorrentes dos líderes de mercado Uber e 99.

A procura de seguro de vida por motoristas de aplicativos tende a manter-se em alta nos próximos meses ao passo que mais pessoas, assim como na última crise econômica brasileira, devem buscar nesses aplicativos uma possibilidade de ganhar dinheiro diante da redução salarial e da perda de empregos. Segundo a Organização Internacional do Trabalho a ameaça à força de trabalho atinge hoje mais de 140 milhões de pessoas na América Latina e Caribe. Somente no Brasil a Covid-19 pode deixar 12,6 milhões de pessoas desempregadas e elevar a taxa de desemprego de 12% para 23,8%, conforme estudo do Ibre/FGV.

O interesse pelos seguros de vida individual entre os motoristas de aplicativo surge justamente nesse momento de preocupação e cuidados com o futuro pensando na segurança da família. Na retomada gradual de diferentes setores econômicos, a expectativa é que parte da população prefira o transporte particular e motoristas de aplicativos para evitar o uso de meios de transporte coletivos – ônibus, metrô e trem.

Ainda recente no país, esta modalidade de seguro exclusivo para os motoristas de aplicativo entrou em operação pouco antes do surto de coronavírus numa iniciativa inédita da startup O2OBOTS e a MAG Seguros (antiga Mongeral Aegon), que firmaram parceria no programa de aceleração BNDES Garagem. Juntas, as companhias ensinaram a plataforma de inteligência artificial “Segurobot” a vender online os seguros da MAG pelo WhatsApp e o Facebook Messenger, com foco na proteção individual e familiar deste nicho de profissionais.

A tecnologia lançada pela Insurtech demanda apenas a resposta para duas perguntas – data de nascimento e renda mensal – para a apresentação das cotações de seguro aos usuários e, em caso de contratação, o tempo total estimado de cada operação é de apenas sete minutos, usando o WhatsApp. Para configurar o seguro de vida, a inteligência artificial combina coberturas de perda de renda por incapacidade temporária, doenças graves, internação hospitalar e assistência funeral familiar. O seguro promove também quatro sorteios mensais, cada um no valor de R$ 10 mil, com mensalidades acessíveis.

De acordo com Leonardo Rochadel, CEO da O2OBOTS, o lançamento deste seguro na plataforma ocorreu em momento oportuno: acredita-se que nos próximos cinco anos o mercado segurador deve gerar R$ 95 milhões em prêmios, somente com o nicho de motoristas de aplicativo. “O mercado de seguro de vida está frente a uma das maiores oportunidades dos últimos 200 anos! Nunca a população esteve sujeita a uma mudança de comportamento tão brusca e nunca esteve tão sensível e pensando tanto em proteger a família”, afirma.

“As companhias combinaram coberturas para criar um produto fácil de entender e criaram uma jornada rápida de contratar. As interfaces de conversação foram desenvolvidas e ajustadas para oferecer uma experiência digital enriquecedora para os clientes, contando com o atendimento consultivo de Corretoras de Seguros, integradas na plataforma e credenciadas pela Seguradora”, completa Rochadel sobre a iniciativa.

Inovação – Além do impacto social causado pela ampliação da população com cobertura de seguro de vida, a inovação também demonstra uma contribuição importante à aceleração do processo de digitalização do setor para atender diferentes nichos massificados. Para Luciano Périco, diretor de Afinidades e Novos Negócios da MAG Seguros, o momento agora é de facilitar o acesso aos produtos de proteção. “Buscamos oferecer uma proteção para os motoristas de aplicativos e criamos um seguro fácil de entender e tão rápido de contratar que pode ser feito até com o WhatsApp, especialmente em um momento em que todos estão preocupados em proteger suas famílias”, explica.

Segundo Leonardo Rochadel, foi desenhado um modelo de negócios inovador, em conjunto com a seguradora, para viabilizar um mecanismo “indique e ganhe”, que estimula a recomendação do seguro nos grupos de motoristas de aplicativo e recompensa os usuários que indicam com valores financeiros (“cash-back”). Quando as pessoas estão satisfeitas com a proteção, elas promovem para os mais próximos e essa agenda positiva pode ajudar a proteger muitas famílias que dependem dos rendimentos gerados a partir desta atividade. 

O executivo da MAG Seguros aponta que a estratégia da seguradora de investir em inovação nos últimos anos já apresenta resultados. O brasileiro mudou o seu comportamento em relação ao seguro de vida e o uso da tecnologia está sendo fundamental para esse novo momento. Com faturamento de R$ 1,4 bilhão em 2019, a MAG Seguros apresenta um crescimento médio anual de 22% na última década e alcançou um incremento de 17% em receita no primeiro trimestre deste ano.
A O2OBOTS registrou na última semana de abril aumento de 167% no número de pessoas que iniciaram a jornada de contratação de seguro de vida por meio de sua plataforma de inteligência artificial e, em março, teve faturamento 233% superior ao mesmo mês no ano passado.

Motoristas de aplicativo têm acesso facilitado ao seguro de vida com auxílio da tecnologia

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.