Teremos dias bem complexos pela frente. Apesar da China ter controlado a crise 40 dias depois de seu início, a Itália já está há mais de duas semana no CAOS do Coronavírus. O país ainda não alcançou a fase de desaceleração na curva de infectados e o que é mais alarmante: a taxa de letalidade lá já é mais alta do que nos demais países afetados e ainda está aumentando. Portanto, acreditamos que, no Brasil, os impactos do COVID-19 devem se estender pelos próximos 2 meses e que, de fato, teremos dias muito difíceis pela frente até conseguirmos sair dessa “quarentena” (que, evidentemente, NÃO significa 40 dias).

­

Mesmo que você ainda não acredite na força da propagação e até mesmo na letalidade do Vírus, o fato é: ele já gerou um impacto negativo na sociedade e no mercado, afetando negócios que podem, com o agravamento da crise e da histeria popular, não conseguirem se sustentarem até o fim desse período.

A velocidade com que uma mudança macroeconômica acontece é ALARMANTE, por isso precisamos ter senso de urgência e nos preparar também nos negócios, já que, fatalmente, teremos uma queda de oferta e de procura em vários setores, justamente pelo impacto na vida dos clientes.

20 alertas e providências que aconselhamos:

  1. Ser obstinado na redução de custos nesse momento, reavaliar os orçamentos, excluir imediatamente itens não essenciais;
  2. Repensar o planejamento anual para reduzir expectativas;
  3. Rever projetos, processos e investimentos;
  4. Cancelar e adiar eventos;
  5. Postergar ou cancelar fechamento de novos contratos que promovam saída de caixa e, se possível, repactuar os antigos contratos;
  6. Reduzir, preventiva e provisoriamente, os salários de founders e diretores;
  7. Renegociar com fornecedores, compras e prazos de pagamento;
  8. Securitizar as dívidas atuais, bem como novas dívidas que forem necessárias, buscando linhas de crédito mais baratas;
  9. Focar os investimentos em Marketing Digital APENAS naquilo que gere ROI positivo e que seja muito interessante e estratégico neste momento;
  10. Analisar quais são os serviços e canais que representam o retorno financeiro mais favorável e a melhor margem. Invista somente neles, deixando os demais de lado até a situação voltar a melhorar;
  11. Focar apenas no essencial e estratégico;
  12. Comunicar-se com seus colaboradores, sendo transparente sobre a situação;
  13. Interromper, provisoriamente, novas contratações e demitir se for preciso;
  14. Promover, dentro do possível, o trabalho home office, pelos próximos 15 dias e redistribuir as tarefas. Alertar que não se trata de descanso ou férias!
  15. Para as atividades que necessitam de presença física, desenvolver uma escala, um plantão. Considere antecipar férias ou férias coletivas, se possível;
  16. Transferir suas reuniões presenciais para reuniões em plataformas virtuais;
  17. Evitar expor seus colaboradores a riscos externos;
  18. Prorrogar viagens dos líderes e colaboradores;
  19. Calma e paciência para agir da maneira mais prudente e assertiva possível; e
  20. A crise é um excelente momento para pensar inovação simples, basta olhar para onde todos estão olhando e tentar enxergar o que ninguém está vendo. Fique atento às oportunidades.

Esses conselhos não têm o objetivo de resolver a questão. Porém, podem nos preparar, bem como amenizar um pouco os impactos nos nossos negócios.

Todos devemos fazer o possível e o impossível para não desacelerar ou interromper as nossas operações. Todavia, o momento exige prevenção, cautela e replanejamento

As pessoas claramente ainda não entenderam que é preciso tomar uma atitude de quarentena. Mas essa quarentena não é férias ou descanso, é um momento de recolhimento e uma ótima oportunidade para pensar, refletir e replanejar também.

Caso vocês tenham quaisquer outras dúvidas, que não tenham sido contempladas nos conselhos e alertas acima, sintam-se à vontade para procurar a Bossa Nova, através de um de seus diretores ou da nossa Community Manager.

Estamos à disposição!

Pensem nisso e vamos juntos!

Bossa Nova Investimentos

Posicionamento da Rede Bossa em relação ao COVID-19

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.