Rodadas de Investimento: qual etapa minha startup está?

Rodadas de Investimento: qual etapa minha startup está?

Antes de destrincharmos os estágios de investimentos de uma startup vamos relembrar que, uma rodada de investimentos é o processo no qual uma empresa busca captar fundos (fundraising) para promover seu crescimento contínuo. Considera-se desde o investimento-anjo, rodadas de capital semente (Seed) até rodadas mais robustas como Série A, Série B, Série C até um possível IPO (Initial Public Offering).

Além disso, outro ponto que devemos abordar é a diferenciação entre uma rodada de investimentos e o empréstimo. A principal diferença entre uma rodada de investimentos e o financiamento bancário é a conversão de cotas. Quando um empréstimo é realizado o vínculo está limitado ao valor que foi emprestado e as garantias em troca, do ponto de vista da rodada de investimentos a startup “vende” parte das suas cotas aos investidores que serão convertidas em ações em uma determinada data.

No ecossistema de startups existem vários tipos de investimento (para cada estágio da startup) e são muito os detalhes que envolvem a realização de uma rodada. Com isso, um fator que se deve levar em consideração para diferenciar a rodada de investimentos é o objetivo do investimento buscado.

Dito isso, vamos às explicações sobre cada tipo de rodada de investimento:

1 – Bootstrapping

O investimento é feito apenas com os recursos dos próprios sócios-fundadores e do reinvestimento da receita obtida pela empresa. É uma das principais formas com que as empresas dão início a sua operação, pois visão entender todo o processo de preparo e conhecimento para captar recursos nas próximas etapas.

2 – FFF (Family, Friends, Fools)

Obtenção de recursos financeiros através do aporte de familiares, amigos ou “tolos”, que são as pessoas próximas e que não necessariamente dispõe conhecimento para auxiliar a empresa ou almejam retorno financiero, mas visam auxiliá-la nas fases inciais para construção do negócio.

3 – Aceleradoras e Incubadoras

No ecossistema de empreendedorismo uma das principais formas de conseguir recursos para estágios iniciais da startup são por meio de programas de aceleração. Tais programas oferecem mentorias, rede de contatos e ajudam a promover o desenvolvimento de negócio. Ter passado por aceleração traz um selo de confiabilidade para os investidores das próximas rodadas. Nem todas as aceleradoras fazem aportes financeiros ou tomam participação da empresa. No entanto, as que fazem costumam ter valores de cheque de equity padrões para todas as startups do programa.

4 – Investimento-anjo

Investidores-anjo são pessoas físicas que dispõem de recursos financeiros e expertise para investir em startups, o investimento pode ser realizado de forma individual ou em grupos de anjos.

Para essa etapa a startup deve ter, preferencialmente, um produto pronto e já rodando com os primeiros clientes. Além disso, os empreendedores devem preparar sua empresa com relação ao pitch e plano de negócio.

5 – Pre-seed

O capital pre-seed é parecido com os investimentos anjo, entretanto é aportado por grupos de investidores organizados em pessoa jurídica.

Tamanho da RodadaValuation MédioEstágio% FundadoresMédia Equity
R$ 100mil – R$ 1MR$ 3M – R$ 6MProblem Solution Fit>= 90%8%

6 – Seed

A rodada seed, ou capital semente, ocorre no momento em que a startup já possui sinais de validação do produto, está focada em encontrar o PMF (Product Market Fit), alcançando tração em vendas e marketing, com personas estabelecidas e soluções já conhecidas.

Tamanho da RodadaValuation MédioEstágio% FundadoresMédia Equity
R$ 3M – R$10MR$ 10M – R$ 30MProduct Market Fit>= 75%12%

7 – Investimentos Série A, B e C

Nestas etapas a startup já possui uma sintonia com o mercado, produto e canal de distribuição. O dinheiro levantado visa otimizar a base de usuários e criar novas ofertas de produtos e serviços.

Com isso, espera-se que a startup já tenha um plano mais estruturado e que aqui a participam dos investidores visa contribuir ainda mais com a escala do negócio, visando aprimorar processos, automatizações e novas contratações. Além disso, conforme a startup caminha nessas rodadas ela visa também a internacionalização e o suporte para todo esse processo.

Tamanho da RodadaValuation Post-MoneyEstágio% FundadoresMédia Equity
R$ 10M – R$ 30MR$ 40M – R$ 80MProduct Market Fit>= 55%20%
Observação: A tabela acima representa uma rodada Série A.
A escala continua até um possível IPO ou então processos de Fusões e Aquisições…

De modo geral, para cada fase da escada da rodada de investimentos a startup está há um certo fundo de investimentos ou, também, grupos e empresas olhando para proporcionar maior suporte à startup nessa jornada de crescimento e escala. E claro, assim como mencionado anteriormente para cada etapa de investimentos exige da empresa uma determinada maturidade, faturamento, tração, equipe, etc.

Vale ressaltar que conforme a empresa consegue avançar no funil das captações, as chances de levantar a próxima rodada vai aumentando, o que demonstra uma grande necessidade de constante atenção em todas as fases da empresa.