Startups investidas pelo Bossanova estão entre as mais atraentes do mercado

Startups investidas pelo Bossanova estão entre as mais atraentes do mercado

No ranking do 100 Open Startups 2021, o principal do ecossistema, estão Simplifica Fretes, SUIV, Neokohm, Everlog, Aterra, Psicologia Viva, Kriativar, Almoço Grátis, Milênio Bus, Licentia, entre outras.

A Bossanova é destaque novamente no ranking 100 Open Startups, neste ano em que a plataforma, líder em open innovation na América Latina, registrou números recordes em comparação a 2020. Vinte e cinco startups aportadas pela empresa figuram no TOP 10 de suas categorias, o que as posiciona entre as soluções mais atraentes para o mercado corporativo em 2021.

A classificação é definida por meio de pontos, atribuídos às startups brasileiras que mais despertam interesse em médias e grandes corporações, a cada ano, com critérios objetivos, considerando-se a quantidade e a intensidade dos relacionamentos firmados entre elas. As empresas não devem ser controladas por grupo econômico e, sim, ter empreendedores à frente do negócio. Neste ano, foi registrado um crescimento de 40% nas startups da base. Além disso, aumentou também a concorrência para uma posição na premiação. Enquanto, em 2020, uma startup precisava de 80 pontos para aparecer entre as TOP 100, em 2021, foram necessários, pelo menos, 141.

Algumas das posições alcançadas pelas startups da Bossanova

. Marketplace: Simplifica Fretes (1º lugar)

. FoodTech: Neokohm (1º lugar)

. AutoTech: SUIV (2º lugar)

. CleanTech: Aterra (2 º lugar) e Licentia Digital (10º lugar)

. LogTech: Everlog (5º lugar)

. HealthTech: Psicologia Viva (5º lugar)

. Customer Service: Almoço Grátis (6º lugar)

. IndTech: Kriativar (8º lugar)

. Mobility: Milênio Bus (8º lugar)


Ranking geral do 100 Open Startups

30º – Simplifica Fretes

50º – Aterra

69º – Psicologia Viva – Psyalive

80º – Everlog

Danilo Alves

Danilo é jornalista formação com pós-graduação em Marketing Digital e Novos Novos Negócios. Trabalha no marketing digital da Bossa Nova Investimentos, o Venture Capital mais ativo da América Latina.