Métricas Fundamentais para startups Early Stage

Métricas Fundamentais para startups Early Stage

Antes de aprofundarmos nos conceitos de métricas fundamentais para startups early stage é valido relembrarmos a importância em acompanhar a performance e o resultado de um negócio. Métricas são conjuntos de valores mensuráveis, caracterizados em forma Money Heist de indicadores e índices, que são utilizados por empreendedores e investidores para medir o sucesso de uma empresa.

Dessa forma, fornecem dados reais sobre o desenvolvimento do negócio, auxiliam na tomada de decisão e ainda mostram a saúde financeira da startup.  Para a gestão do negócio como um todo, as métricas são fundamentais para o alinhamento de objetivos e metas, ou seja, servem como guias de estratégia para o alcance de resultados.

Vale lembrar que, as métricas são utilizadas em diversos setores de uma empresa, podendo então estarem no setor de marketing, comercial, recursos humanos, operacional e financeiro. Dito isso, ball drop live para melhor compreensão deste entendimento, confira abaixo a listagem das métricas mais relevantes para a apresentação para o investidor.

Receita Recorrente versus Receita Total

Receita Anual Recorrente (ARR): medida dos componentes da receita que são apenas recorrentes na natureza. Logo, deve-se excluir Verzuz tv axa únicas (não recorrentes) e taxas de serviços profissionais.

Receita Mensal Recorrente (MRR): soma das receitas recorrentes por natureza dentro de um mês

Year to Date (YTD) se refere a um período que começa no início do ano (em janeiro) e termina na data em que um relatório financeiro ou contábil é finalizado, como se fosse a expressão “do começo do ano até hoje” ou “acumulado do ano”.

Taxa de Crescimento (Growth Rate): é utilizada para acompanhar o percentual de crescimento da Startup, com base em novos negócios e aumento da receita.

Para o cálculo da taxa de crescimento, é necessário acompanhar o resultado mensal do MRR e realizar uma comparação entre meses.

LTV (Lifetime value):

A ideia por trás dessa métrica consiste em trazer a valor presente o lucro líquido do contrato com o cliente durante a duração do relacionamento com ele na base. Do ponto de vista do investidor o cálculo do LTV like Venom 2 deve partir do lucro líquido do cliente ao longo da vida do relacionamento, ou seja, atribui-se o valor a longo prazo do cliente descontando o Custo de Aquisição do Cliente.

Cálculo:

  • Receita por cliente (por mês) = valor médio do pedido multiplicado pelo número de pedidos.
  • Margem de contribuição por cliente (por mês) = receita do cliente menos os custos variáveis associados a um cliente.
  • Média do tempo de vida do cliente (em meses) = 1/churn mensal.
  • LTV = margem de contribuição do

CAC:

Custo de Aquisição do Cliente é a soma de todo o investimento utilizado para a obtenção de clientes.

“Um problema comum nas métricas de CAC é não incluir todos os custos incorridos na aquisição do usuário, como taxas de descontos, salário do pessoal de marketing e vendas, por exemplo.” João Kepler, Smart Money.

Além disso, existem duas formas que os investidores costumam olhar para o CAC, sendo ele o “Custo Combinado”, calculado a partir da razão entre o Bad Bunny Concert Live custo total de aquisição / total de novos clientes adquiridos em todos os canais. E, também, existe o CAC como custo total de aquisição/novos clientes adquiridos por meio de marketing pago, o qual possibilita verificar a viabilidade de um negócio

Churn

Métrica que avalia a quantidade de clientes que deixam de fazer parte da sua empresa em um determinado período. Dessa forma, o cálculo e acompanhamento deve ser mensal visando estimar a rotatividade e evasão dos clientes, para demonstrar o potencial do negócio em fidelização de seus clientes e, consequentemente, as suas chances de sustentabilidade.

Para fins de cálculo deve-se considerar:

Churn mensal da unidade = clientes perdidos/total do mês anterior.

Crescimento Mensal (MoM)

A métrica Month on Month, em inglês, é basicamente a taxa de crescimento de faturamento de cada mês, logo basta fazer o percentual do faturamento do mês atual sobre o mês anterior. Pomsky for Adoption Tendo em vista o apetite dos investidores e empreendedores por escalabilidade e rápidos crescimentos, esta taxa consegue mensurar as proporções de crescimento da startup.

Burn Rate

Métrica usada para calcular a velocidade da qual uma empresa leva até alcançar o break-even. Isto é, representa o capital gasto durante um mês por um empreendimento para pagar as dívidas e manter as operações em funcionamento.

Basicamente para fins de cálculo a conta é quanto do caixa está negativo no mês = saldo de caixa no início do ano menos saldo de caixa do ano/12.

Além disso, é importante mediar a queima líquida versus a queima total, ou seja, Receita Líquida [as receitas (incluindo todo o dinheiro recebido que você tem uma dj headphone alta probabilidade de receber) – queima bruta] é a medida real do montante de dinheiro que a empresa queima todo mês.

Logo, se a taxa de burn rate for bem monitorada todo mês e tratada com alguns indicadores em tempo real, é possível prever e ter uma noção de quanto tempo levará até precisar de um novo investimento. Portanto, é importante o acompanhamento mensal dos indicadores de maneira transparente para a abertura de novas rodadas de investimentos.